O inesperado encontro com o arapaçu-platino

No dia 17, fui convidado pelo meu amigo Dudu Soares para darmos uma volta aqui em Pelotas para registrar a bicharada. Normalmente a Débora (sua namorada) vai junto, mas dessa vez ele não pôde nos acompanhar, visto que ela tinha uma prova para fazer. O Dudu me pegou aqui em casa por volta das 14h e tínhamos até as 18h para "passarinhar". Nosso destino era o Banhado da Marambaia, muito próximo aqui de casa e a expectativa de registrar alguma coisa legal era grande, já que havia naquela semana havia chovido bastante na nossa região e quando isso acontece, a bicharada "enlouquece" nos banhados.
Lá, encontramos o Daniel Berbare e alguns amigos que também estavam praticando birdwatching. Infelizmente, aquele dia não encontramos nada de diferente na Marambaia. Algumas marrecas, garças e outras aves muito comuns, como o joão-de-barro (Furnarius rufus).
Decidimos voltar pra Pelotas e ir tentar registrar o bacurau-tesoura num local que já registramos a espécie outras vezes, mas dessa vez não conseguimos encontrá-lo. Como ainda era cedo, falei pro Dudu que eu conhecia um lugar que poderíamos encontrar algumas aves para fotografar.
Fomos em direção à Praia do Laranjal, mais precisamente ao Balneário dos Prazeres e lá encontramos algumas espécies que geralmente encontro quando vou lá. Como o gavião-caramujeiro (Rostrhamus sociabilis), alguns tapicurus e outras aves.
Quando pensamos em voltar, insistimos um pouco mais até que a grande surpresa acontece... Vi uma ave pousada na cerca e eu falei pro Dudu que era um pica-pau, só que eu achei muito estranho, pois era muito escuro. Até que a ave virou de lado e pela sua silhueta, consegui identificar que era um arapaçu-platino (Drymornis bridgesii). Na hora fiquei eufórico, pois eu só tinha registrado essa espécie no Parque Estadual do Espinilho, no sudoeste do Rio Grande do Sul.
Paramos o carro e tentei atraí-los com o playback e "pimba"!! Na hora vieram três indivíduos e pousaram "na nossa cara", como costumamos dizer. Foi uma rara e grande felicidade encontrar a espécie por aqui. Já havia registros no município vizinho, porém é mais uma espécie para Pelotas no Wikiaves.

arapaçu-platino (Drymornis bridgesii). Foto: Raphael Kurz 
arapaçu-platino (Drymornis bridgesii). Foto: Raphael Kurz 

arapaçu-platino (Drymornis bridgesii). Foto: Raphael Kurz
As vezes a preguiça não nos deixar sair de casa e acabamos não registrando alguma espécie que talvez só teríamos aquele dia pra registrar. Felizmente, nesse dia eu e o Dudu conseguimos registrar essa ave tão linda e rara na região. Birdwatching nada mais é que competência e sorte.
Sorte em ver as espécies na hora e no local certo e competência por conseguir os registros.
Até a próxima, pessoal!!!

Comentários

Trending

A Torotama e os maçaricos

Resumão de novembro - Parte I

Resumão de novembro - Parte II